Acupuntura (http://revistas.canal2.com.br/nd39/#/88/zoomed)


                                   
 
Do que os pacientes mais se queixam ao procurarem tratamento por
acupuntura? E qual a técnica mais utilizada no seu consultório?



          Há procura por acupuntura para diversas circunstâncias: desde simples
          dores de cabeça até situações mais graves de pacientes em tratamento de
          câncer. Entretanto, a maior procura pelo tratamento com acupuntura
          tem sido de pessoas com quadros álgicos de todas as origens
          lombalgia, cervicalgia e ombralgia, por exemplo. Além das chamadas
          doenças da alma, como a depressão.
          As técnicas usadas variam bastante e depedem de cada caso e das
          condições individuais de cada paciente. Podem ser usadas desde
          técnicas macrossistémicas (agulhas por todo corpo), até as
          microssistémicas (orelhas, crânio), passando pela eletroacupuntura.
          Uso muito também fitoterapia (ervas medicinais chinesas),
          shiatsu terapia (massagem), ventosaterapia e moxabustão. Tudo depende
          de cada caso específico.
Quais são os benefícios da técnica?
Em meu consultório, tenho tratado com sucesso problemas de dores
estomacais, colite, zumbido e otites, cólicas menstruais, problemas
dermatológicos, como dermatites, psoríase, herpes zoster. Enfim, são
muitos os casos em que a acupuntura tem dado resultados satisfatórios
e duradouros
Quais os casos mais recomendados para a utilização da acupuntura?
Existe alguma contra indicação?
A acupuntura é apenas um dos ramos da chamada MTC - Medicina Tradicional
Chinesa - um conjunto de conhecimentos milenares que, na atualidade, já
reconhecidamente trata centenas de enfermidades. Existem, entretanto,
cuidados para os quais se deve atentar: os pacientes com marcapasso devem
evitar a eletro acupuntura; mulheres gestantes devem tomar cuidado com a
aplicação de agulhas em determinadas regiões, cuja inserção pode vir a
provocar contrações uterinas; com pessoas muito debilitadas deve-se tomar
cuidado na aplicação das agulhas, para evitar quedas de pressão sanguínea; e
superfícies que apresentem ferimentos ou tumores devem ser evitados.
Tratamento por acupuntura pode substituir alguns tipos de
medicações? Se sim, quais tipos e em que situação?
O casamento da acupuntura com a fitoterapia chinesa
tem um resultado que independe de uso de medicamentos alopáticos.
Entretanto, é ideal que o paciente ouça a opinião de seu médico antes
de interromper o uso.
É sabido que a acupuntura cura, ou alivia sintomas, através de
mecanismos energéticos e fisiológicos. O que ela pode fazer para
organizar e equilibrar corpo e mente?
Um bom acupunturista não trata o sintoma que origina a queixa de um
paciente. O sintoma é apenas a ponto do iceberg. Procuramos avaliar o
paciente como um todo, formado por corpo, mente e energia. Se algo vai
mal, todo o sistema apresenta desequilíbrio. Então é preciso tratar o todo.
Este é o significado do conceito de holismo.
Algum caso específico te impressionou pelo resultado? Por que? Como
aconteceu?
Sempre há casos que me impressionam. A prática do consultório me traz
desafios e surpresas diárias. Posso citar, especificamente, o nome do
fotógrafo Osmar Gama - de quem tratei uma lombociatalgia combinada com
algumas hérnias de disco. O paciente tinha grades dificuldades de locomoção
e convivia com o problema havia pelo menos três anos. Com o tratamento
inicial de 10 sessões de acupuntura, ele já não sofria com as dores e podia
andar normalmente.
Pessoas procuram a acupuntura não só por saúde, mas também para
tratar a ansiedade e por questões estéticas. Como a acupuntura atua
nesses casos?
Recebemos diversos pacientes em quadros de vulnerabilidade emocional,
desde pequenas ansiedades e irritabilidades mais simples, até depressão e
síndrome de pânico. E a acupuntura, se bem utilizada, atua em pontos
específicos para que nosso corpo libere substâncias, como endorfina e
serotonina, que atuam como ansiolíticos eficazes. Em relação à questão                                             estética, tratamos desde a obesidade até pequenas marcas de expressão.

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário